Sábado, 13 de Julho de 2024 07:34
(11) 97588-9546
13°

Tempo nublado

São Bernardo do Campo, SP

Dólar com.

R$ 5,43

Euro

R$ 5,93

Peso Arg.

R$ 0,01

Cotidiano Polícia

GCM impede assalto a moto em Diadema

A ação ocorreu na Avenida Antônio Sylvio Cunha Bueno, na região do Inamar

04/07/2024 10h34
Por: Jornal ABC News Fonte: Wallace Quaresma
GCM impede assalto a moto em Diadema

O olhar atento do GCM Valdenor Alves Ramos evitou que mais um roubo fosse cometido no domingo (16), na região do bairro do Inamar, em Diadema. O ocorrido aconteceu na Avenida Antônio Sylvio Cunha Bueno, por volta das 20h30. A ação só foi percebida devido a moto da vítima estar parada no cruzamento da avenida.

Segundo o agente, que estava retornando para sua residência no momento do roubo, ele observou a moto parada na via e uma pessoa sendo agredida por uma arma de fogo na cabeça. “A abordagem foi muito rápida. Sem tempo para me identificar como GCM. Após o primeiro disparo por parte do indivíduo, a vítima se afastou. Foi quando tive a real possibilidade de revidar aos disparos” relatou Alves, informando que conseguiu atingir o segundo suspeito, que perdeu a direção da moto e colidiu com um veículo que passava na avenida.

O agente comentou que o roubo de motos e celulares está aumentando na cidade. “Praticamente impossível orientar a população a ficar mais atenta. Os ladrões não mais importam se a moto é pequena ou de alta cilindrada. Roubam pelo prazer de ostentar em pancadões ou fomentar o mercado de peças roubadas. Mesmo se o celular estiver no bolso ou mochilas, eles levam”, alertou o GCM.

Com a pretensão de sair a pré-candidato a vereador em Diadema nas eleições municipais, Alves pensa em melhorar as condições de trabalho da GCM. “Caso eleito, penso em criar novas inspetorias e aumentar o efetivo para uma resposta mais rápida à população. Melhorar as condições de trabalho com viaturas novas e armamento moderno e de qualidade” relatou o agente, informando ainda que tem como proposta contratar mais GCP (Guarda Civil Patrimonial) para liberar os GCMs que são deslocados para outras operações.  

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.